mar 042018
A terceira edição do prêmio Rio-SP do guia michelin foi realizada em 8
de maio de 2017 no Hotel Unique em São Paulo. Com duas estrelas
mantidas há três anos, o D.O.M, de Alex Atala, ainda é o
estabelecimento com maior avaliação do Brasil.
Três novos restaurantes receberam a primeira
estrela michelin. Dois deles são do Rio de Janeiro: Laguiole e Oro. O
terceiro é de São Paulo, o Picchi.
A lista manteve a avaliação dos restaurantes
cariocas Eleven, Lasai, Mee, Olympe, e dos paulistas Dalva e Dito, Esquina
Mocotó, Fasano, Huto, Jun Sakamoto, Kan Suke, Kinoshita, Kinoshi, Maní, Tête à
Tête e Tuju.
 Foram excluídos do guia o Le Pré Catelan e o Roberta
Sudbrack, ambos do Rio. Eles chegaram a ser avaliados, mas encerraram as
atividades antes da premiação. O paulistano Attimo também deixou a lista.
A
categoria Selo Bib Gourmand, que premia restaurantes com o melhor
custo-benefício, que ofereçam menus completos por até R$ 90, recebeu oito novos
estabelecimentos. Dos estreantes, um é do Rio (Bottega del Vino) e sete são
de São Paulo: Bistrot de Paris, A Casa do Porco, Niaya, La Peruana Cevichería,
Più, Tanit e TonTon.
Perderam
o Selo Bib Gourmand os restaurantes Anna e Entretapas, do Rio de Janeiro, além de
Marcel, Sal e Tian, de São Paulo.
Confira a lista
completa

 DUAS ESTRELAS 

São Paulo
D.O.M. (Alex Atala) – O restaurante propõe uma experiência gastronômica que resgata
os sabores mais autênticos da cozinha brasileira sob um olhar contemporâneo.
estrela michelin

 UMA ESTRELA 

Rio de Janeiro
LAGUIOLE
– Com pegada contemporânea, o Laguiole fica dentro
do Museu de Arte Moderna do Rio e é comandado por Elia Schramm, chef suíço,
criado no Brasil e com passagens por restaurantes franceses e ingleses.
estrela michelin
ORO
–  Restaurante do apresentador
de TV e chef Felipe Bronze, tem sete anos de funcionamento e aposta em uma “cozinha
brasileira de vanguarda”, criativa e com ingredientes frescos.
ELEVEN
– Comandado pelo chef Joachim Koerper e inspirado no
restaurante que é símbolo de alta gastronomia na Europa, o restaurante reproduz
o visual do Eleven Lisboa, sem abrir mão de uma atmosfera casual e intimista,
tipicamente carioca.
LASAI – Tendo como chef o
carioca Rafa Costa e Silva, a cozinha do restaurante se baseia em produtos
locais do Estado do Rio de Janeiro. O menu é criado de acordo com a
sazonalidade e disponibilidade das hortas do chef.
MEE
– O restaurante apresenta uma gastronomia
Pan-Asiática sofisticada, baseado na exótica culinária de países como:
Tailândia, Camboja, Malásia, Singapura, Coreia, Vietnã, China e Japão.
OLYMPE – O restaurante se
coloca como um marco da integração evolutiva das culinárias francesas e
brasileira, onde em parceria com pequenos produtores locais, ingredientes até
então não explorados, passaram a dar sabores nacionais à tradicionais técnicas
francesas.
Estrela Michelin
São Paulo
DALVA
E DITO
– Restaurante do
aclamado chef Alex Atala, em um ambiente que mescla o rústico e o moderno, o
cardápio é especializado na comida brasileira tradicional.
estrela michelin
ESQUINA MOCOTÓ – Cozinha paulista e artesanal que prioriza produtos locais de
alta qualidade, de caráter urbano, apresentando um cardápio sucinto, variado e
sazonal de autoria do chefe Rodrigo Oliveira.
 FASANO – Criado em 1982 e
restaurante oferece as tradições da alta gastronomia italiana com
interpretações criativas do chef Luca Gozzani. Além de sua culinária, o
estabelecimento é reconhecido pelo seu serviço impecável em um ambiente
elegante. O restaurante possui um bar próprio e pianista ao vivo todas as
noites.
HUTO – O restaurante Huto
oferece uma fusão de ingredientes clássicos com técnicas atuais, resultando em
uma gastronomia simples, com toques de sofisticação. O resultado pode ser visto
tanto na execução dos pratos frios, elaborados pelos sushimans Tiago e Tadashi,
como nos pratos quentes, executados pelo chef Adriano de Lima.
estrela michelin
JUN SAKAMOTO
– Composições elaboradas com ingredientes não usuais criadas pelo aclamado chef
Jun Sakamoto e servidos em um espaço japonês elegante.
KAN SUKE
–  Restaurante
Japonês
       KINOSHITA
– Se trata do restaurante japonês com a maior coleção de conquistas na América
Latina. Seu menu conta com uma proposta de degustação, oferecida em duas opções
de sequências que segue à risca os preceitos da kappo cousine. No caminho à lá
carte, as opções propostas são de sabores inusitados do território nipônico.
   
    KOSUSHI – O restaurante une a tradicional e a moderna culinária japonesa,
os sushimen criam menus sazonais, trazendo clássicos japoneses e criações
autorais.
     MANI
– Com sua cozinha comandada por Helena Rizzo, premiada
em 2013 como melhor chef mulher das américas, e em 2014 como melhor chef mulher
do mundo, o restaurante integra o ranking dos 50 melhores restaurantes do
mundo. Seu cardápio é baseado na comida brasileira, contemporânea e criativa.
     PICCHI – Contempla a gastronomia italiana
clássica, com menu completo preparado pelo chef Pier Paolo Picchi.
  
estrela michelin
   TÉTE À TÉTE
– Restaurante que oferece pratos contemporâneos e elaborados em um espaço
moderno e refinado.
·  TUJU – A culinária do restaurante se baseia na pesquisa de
ingredientes brasileiros e em fornecedores que valorizam produtos e técnicas
tradicionais do país. O menu é renovado inteiramente a cada duas semanas, no
intuito de trabalhar com os ingredientes da estação.

 SELO BIB GOURMAND 

Rio de Janeiro
Artigiano

Bottega del Vino 

Entretapas

Gurumê

Lima Restobar

Miam Miam

Oui Oui

Pomodorino

Restô Rio

Riso Bistrô
São Paulo
Antonietta Empório

Arturito

Le Bife

Bistrot de Paris 

Bona

Brasserie Victória

A Casa do Porco

Casa Santo Antônio

Ecully

Jiquitaia

Manioca

Mimo

Miya

Mocotó

Niaya

La Peruana Cevichería 

Petí Gastronomia

Più

Tanit 

Tartar & Co

TonTon 

Tordesilhas

Zena Caffè

Avaliação Michelin 

Em todas as edições do Guia Michelin, avaliadores visitam
anonimamente centenas de restaurantes. Os critérios de avaliação são qualidade
dos ingredientes, técnica na cozinha, harmonia de sabores, originalidade de
receitas e consistência (regularidade da refeição). Considerando esses tópicos,
os restaurantes podem ganhar uma estrela (cozinha muito boa), duas estrelas
(excelente) ou três estrelas (excepcional). Além disso, podem ser incluídos na
categoria Bib Gourmand.

Dica Importante!

Caso você esteja inserido no ramo da culinária e queira aperfeiçoar seus dotes para se tornar um chef bem conceituado e até mesmo receber uma Estrela Michelin algum dia, é imprescindível que invista em conhecimento, e, não há nada melhor do que aprender certo desde o início, com professores que também são grandes chefs, não é mesmo? Por isso, selecionamos uma sugestão que com certeza será muito útil para você iniciar seu negócio gastronômico e lucrativo. Clique Aqui para saber mais!

E aí? Você conhece algum desses restaurantes premiados? Deixe seu comentário.


Reader Comments

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *